Direitos dos docentes está sendo lesados no Paraná

Posted by Vera Guedes On 30 de jan de 2015 0 comentários
O Governador Beto Richa está deixando de pagar os  benefícios dos docentes como: 1/3 de férias, rescisão dos contratos, auxílio alimentação, atrasados, pagamento dos PSS, entre outros. Segundo matéria publicada na Gazeta do Povo o governo admite que não tem caixa suficiente para honrar todos os compromissos no momento. E fará os pagamentos assim que for possível. No entanto não tem previsão de pagamento. Professores no facebook estão trocando fotos de seu perfil, por slogan abaixo.








Comentar

Moradora reclama que caixa d' água do Jardim Nova Aliança derrama água com frequência

Posted by Vera Guedes On 29 de jan de 2015 0 comentários

Comentar

Informativo:

Posted by Vera Guedes On 0 comentários
Através da rede social facebook, Cido Polícia (Secretário de Trânsito e Segurança) de Sarandi-PR diz que solicitou concurso para GM (Guarda Municipal), para Agente do estacionamento rotativo, coordenador do estacionalmento rotativo e vigias. Ele diz que o prefeito Carlos De Paula já autorizou e em breve começa-se as inscrições.      


Comentar

Tradição Gaúcha é trazida para Maringá e região através da dança

Posted by Vera Guedes On 28 de jan de 2015 0 comentários
                           Foto do arquivo Pessoal de Alex Maringá (Agosto de 2014)

Alexandre José Rodrigues conhecido por (Alex Maringá) é professor de dança de salão ritmos gaúchos e bandas juntamente com sua esposa Rosane Schunck, curso que ministra desde 2013 em Maringá e região.

Ele tem trinta nove anos, nascido em 1975, é natural de Taquari-RS, Casado com Rosane Schunck (33 anos), nascida em 1981, natural de Sapiranga-RS. Eles têm dois filhos Maiara Schunck (10 anos) e Lucas Schunck (08) anos. 

Alex começou a dançar aos 22 anos, quando aprendeu com a sua irmã Nadir Rodrigues, na época sua família já moravam em Sapiranga-RS e ele morava sozinho com mais três amigos. Anteriormente a este período, o que gostava mesmo era de Rock, principalmente de Raul Seixas. Um desses amigos também foi ensinado a dançar pela sua irmã, que gostava de ir aos bailes.


Ela ensinou a dança em casa num sábado e no domingo ele já fora dançar no point da cidade (um local aberto todos os domingos à tarde), era o “Bailanta do Bento”. Hoje “não existe mais é um estacionamento no local”. O que ele aprendeu foi os passos (dois em um), o vanerão – uma vaneira mais ligeira.

Na época já namorava a sua atual esposa (Rosane Schunck) de quinze anos. Ela e toda sua família já tinham curso de danças gaúchas de salão ministrado na Paróquia, no bairro Vila Irma. A Paróquia promovia o baile e o professor cobrava pelo curso.

Quando Rosane Schunck resolveu fazer o segundo “curso de danças gaúchas de salão” ela convidou-o e eles fizeram o curso juntos.

Ele cita: “Eu era muito ruim de dança, eu queria que ela (se refere à Rosane Schunck- a prenda) conduzisse à dança, quando é o peão que tem que conduzir". No âmbito do movimento tradicionalista gaúcho, prenda é a mulher gaúcha que faz par com o peão (homem gaúcho).

Fizeram o curso “danças gaúchas de salão” completo no período de três meses com os professores Fernando e Maria no ano 2001. E tiveram baile de formatura com roupas à caráter. Na regra tradicionalista os vestidos das prendas não podem mostrar os seios, precisam cobrir os cotovelos e ir até os pés. O baile foi patrocinado pela Paróquia da cidade.


                                  Foto do arquivo pessoal de Alex Maringá (2001)

Após o curso de danças gaúchas de salão, fora em poucos bailes, pois trabalhava fora da cidade, pegava dois ônibus (ida e volta) e ainda estudava à noite. Ele conta “Não me sobrava muito tempo e ainda eu fabricava espeto para vender aos sábados". De profissão oficial tem dezoito anos (2015) com pintura industrial.

Depois de seis anos de namoro casou-se com Rosane Schunck em 22 de dezembro de 2001 e foi morar na casa que construíram aos fundos da casa do sogro, em Sapiranga-RS.

                                   Foto do arquivo pessoal de Alex Maringá (2001)

Em 2008 veio trabalhar em Maringá-PR. A família (Rosane Schunck e os filhos) ficou em Sapiranga-RS mais dois anos.

Em 2012 ele contou que teve um curso de danças gaúchas de salão gratuito na cidade de Maringá, em algumas Paróquias, e ele e sua esposa participaram na Paróquia Santa Isabel de Portugal, na Vila Santa Isabel. E foi assim que aprendeu o estilo de dança de salão ritmos gaúchos ensinado com casal separado, primeiro aprende-se os passos da dança, depois ajunta-se os casais. Os casais ficam enfileirados com os peões de frente para à prenda.

Quando aprendeu a dançar no Rio Grande do Sul, aprendera a dançar já com os casais juntos. A diferença entre os dois cursos de danças gaúchas de salão que fizera, era que no primeiro curso ele aprendeu o Vanerão – a Vanera mais ligeira.

Após este curso ingressaram em outro curso danças gaúchas de salão na Paróquia São Judas Tadeu no Parque das Palmeiras, na metade do curso iniciou-se no mesmo curso como professor auxiliar.

Acabando-se a rodada de cursos de danças gaúchas de salão em Maringá e região, ficou-se em torno de oito a dez meses sem cursos. Foi nesta época que o José Ernesto Tavares ( Diretor social do CTG) de Maringá-PR e seu filho João Milton Walter Tavares tiveram a iniciativa de montar um curso de dança de salão gaúcha. Seu filho já era professor da “Invernada Artística” do CTG ( Centro de tradições Gaúchas).

“Invernada artística” é uma departamento dentro do CTG ( Centro de Tradições Gaúchas) que recria e promove a arte, as tradições e o folclore da cultura gaúcha. É dividida em quatro modalidades: Danças tradicionais, Biriva e Salão; Chula; Música; Causo e Declamação”. (Com informações do site do CTG ( Centro de Tradições Gaúchas de Maringá-PR).

Alex Maringá era conhecido na cidade, pois tinha um “Grupo de Amigos, Ritmo Gaúcho”, criado em 29 de junho de 2013. “Um grupo que se reunia sempre para dançar e também em outros eventos”. Quando o grupo se formou tinham em torno de dez casais e hoje (2015) o grupo permanece e tem doze casais. O grupo ia aos bailes direto no  CTG (Centro de Tradições Gaúchas) de Maringá.  Num certo dia destes bailes conforme disse Alex, Tavares chamou-o para formar o grupo de danças gaúchas de salão, juntamente com seu filho. E desta forma iniciou-se os cursos.

Em 2013 montaram-se os cursos de danças gaúchas de salão gratuitas nos seguintes salões das Paróquias católicas, uma na Paróquia São José Bonifácio, em Cidade Alta e outra na Paróquia São Silvestre, no Jardim São Silvestre. Nestes primeiros cursos formaram-se trinta e nove formandos – sendo dezenove casais e uma prenda. João Milton Tavares é professor de dança regulamentado, ele ministrava às aulas e Alex era (professor auxiliar). O baile de formatura das turmas foram realizadas no CTG (Centro de Tradições Gaúchas) de Maringá, compareceram no total quatrocentos e trinta pessoas no baile de formatura.

Em maio de 2014 abriram-se outros cursos de danças gaúchas de salão nos salões das Paróquias dos seguintes bairros: Paróquia Santa Isabel de Portugal -Vila Santa Isabel, Paróquia São José Operário - Jardim Operária, Paróquia Santa Rita de Cássia -Parque Itaipu e na Paróquia do Jardim Liberdade todos de Maringá-PR e também em uma Paróquia de Doutor Camargo. No baile de formatura em 02/08/14 no CTG (Centro de Tradições Gaúchas) de Maringá-PR compareceram oitocentas e oitenta e cinco pessoas destes cento e vinte formandos. Neste curso João Milton Tavares se afastou para trabalhar em Brasília, e Alex Maringá assumiu como professor oficial.

                                 Foto do arquivo Pessoal de Alex Maringá (Agosto de 2014)

Em julho de 2014 iniciaram-se outros cursos de “dança de salão ritmos gaúchos e bandas” nos salões das seguintes Paróquias: Paróquia Nossa Senhora das Graças, centro de Sarandi-PR,  Paróquia  São Francisco de Assis - Jardim Alvorada, Paróquia  Santa Rita de Cássia - Parque Itaipu, Paróquia São Miguel Arcanjo - Jardim Aeroporto, todas pertencentes à Maringá-PR,  Paróquia Santo Cura D’ars -  Paiçandu-PR e no Salão Gralha Azul em Doutor Camargo. Realizando Dois bailes de formaturas destas turmas, um dia 14/11/2014 com cento e sessenta formandos. Dentre os formandos dez casais de crianças da Paróquia Santa Rita de Cássia, do Parque Itaipu.  Alex disse que teve a iniciativa de ensinar as crianças a dançarem ritmos gaúchos e teve a aprovação de Marcos Boggo ( ministro da Paróquia). E outro baile de formatura no dia 29/11/14 com cento e dez formandos. 

Ensaio em (08/11/2014) no CTG (Centro de Tradições Gaúchas) de Maringá para o baile de formatura do dia 14/11/2014


                                   Fotos do arquivo pessoal de Alex Maringá

Baile de Formatura dia 14/11/2014.


                                                  Crédito Fotos: Aldemar Gomes

Baile de formatura do dia 29/11/14.

                                    Foto do arquivo pessoal de Alex Maringá

Em 2015 iniciou-se mais um curso de dança de salão ritmos gaúchos e bandas na AFMM (Associação dos funcionários municipais de Maringá), iniciando-se com quarenta casais inscritos.

                                           Crédito Foto: Marcelo Mazarão

Após a quaresma deste ano, o Grupo dança de salão ritmos gaúchos e bandas”  retomam as suas atividades dançantes nas Paróquias de Maringá e região.  E dia 18 de fevereiro o mesmo curso inicia-se na Estância Gaúcha.

O “Grupo de dança de salão ritmos gaúchos e banda” é autônomo e há dois anos leva a tradição da dança de salão gaúcha para as Paróquias de Maringá e região. Integrantes do grupo: Alex Maringá, Rosane Schunck, Lucas Schunck, Maiara Schunck, Ana Paula Pereira, Lucas Nascimento e Polyanna Thamyres.

                         Montagem de Fotos ( Arquivo pessoal dos integrantes do grupo)

Ritmos de danças gaúchas de salão e bandas ensinados: Valsa , Marchinha, Xote, Milonga, Rancheira,Vaneira, Bugiu, Polonaise.

O Curso é gratuito, sendo necessário à venda de seis ingressos (para à custa) do baile de formatura.
 ____________________________________________________________________

Alex Rodrigues ressalta: “A dança une bastante a família e faz amizades”. 
_____________________________________________________________________

O casal Alex Rodrigues e Rosane Schunck recebeu do CTG (Centro de Tradições Gaúchas) Rincão Verde de Maringá em 2014 o título de “Casal Tradicionalista”. 

                      Montagem de  Fotos do Arquivo pessoal de Alex Maringá (2014)
Comentar

Moradores denunciam descaso com cemitério em Cajuru -São Paulo

Posted by Vera Guedes On 27 de jan de 2015 0 comentários

Comentar